Arma e drogas são apreendidas pela PM durante Operação no Bairro da Barra

drogas_640x411drogas3_640x232A Polícia Militar de Muriaé em uma Operação na Barra apreendeu arma e droga e fez prisões em uma casa no escadão que liga a Rua Simeão Feres a Getúlio Vargas, neste sábado em cumprimento a mandados de Busca e Apreensão. ”O local foi apontado como sendo usado para armazenamento e preparo de drogas para venda, bem como ocultação de armas de fogo”. Primeiro vimos um cidadão entrando com um embrulho na mão na casa e saindo uma hora depois no sentido bairro Safira.  Ao entrar na casa deparamos com um menor que jogou algum objeto para nos fundos do quintal, contudo não foi possível localizar o que teria sido jogado devido ao mato muito alto e por ser um barranco muito íngreme e estar chovendo no momento. CLICK EM CONTINUE LENDO E CONFIRA  MAIS DETALHES…………………..

Continue lendo

<

Odebrecht recorreu a Lula para evitar que Petrobras concorresse com Braskem, dizem delatores

emilio.odebrecht.23A transformação da Braskem em líder da indústria petroquímica do país envolveu negociações entre o grupo Odebrecht e o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, revelam os depoimentos de Emilio Odebrecht, presidente do conselho do grupo Odebrecht, e de Carlos Fadigas, ex-presidente da Braskem. Segundo eles, o grupo recorreu a Lula para resolver impasses na relação com a Petrobras e evitar que a empresa se tornasse concorrente da Braskem. CLICK EM CONTINUE LENDO E CONFIRA MATÉRIA COMPLETA………………………..

Continue lendo

<

Reforma da Previdência: Respostas de perguntas sobre a proposta do relator

 Arthur Maia

Arthur Maia

As mudanças das regras para a aposentadoria estão em discussão no Congresso. A proposta de mudanças na reforma da previdência, apresentada pelo relator da Comissão Especial, Arthur Maia, deverá ser votada no começo de maio. Se o texto for aprovado, segue para o Senado. Entre as principais mudanças estão a criação de idade mínima progressiva para a aposentadoria de homens e mulheres. A idade mínima começaria em 53 anos para mulheres e 55 anos para os homens e seria elevada gradativamente para 62 anos, no caso das mulheres, e 65 anos, no caso dos homens. CLICK EM CONTINUE LENDO E CONFIRA MATÉRIA COMPLETA…………………………

Continue lendo

<

Regulamentação do trabalho por período gerará 2 milhões de empregos em 3 anos, diz relator da reforma trabalhista

Deputado Rogério Marinho, relator do projeto de lei sobre a reforma trabalhista

Deputado Rogério Marinho, relator do projeto de lei sobre a reforma trabalhista

O projeto de lei que trata da reforma trabalhista prevê, entre outros pontos, o trabalho intermitente, que é remunerado por período trabalhado, diferente do contínuo, que é pago levando em conta 30 dias trabalhados, em forma de salário. De acordo com o relator do projeto de lei, deputado federal Rogério Marinho, essa modalidade de trabalho gerará 2 milhões de empregos em 3 anos, só na área de serviços, em bares e restaurantes. CLICK EM CONTINUE LENDO E SAIBA MAIS……………………………….

Continue lendo

<

Henrique Meirelles não vê necessidade de medidas adicionais para reduzir gastos com previdência

henrique_meirellesO governo brasileiro não vê necessidade de medidas adicionais para reduzir os gastos com a previdência social, apesar das recentes mudanças em uma proposta de reforma de aposentadoria no Congresso Nacional, disse o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. O governo do presidente Michel Temer aceitou suavizar alguns itens da proposta de reforma previdenciária para obter aval do Congresso, levantando receios entre economistas de que mais medidas de austeridade sejam necessárias nos próximos anos. “Não estamos num ponto da reforma da previdência e das propostas onde nós achamos que serão necessárias medidas adicionais compensatórias”, disse o ministro durante encontro em Washington. “Estamos dentro dos níveis das nossas previsões e do que consideramos aceitáveis”, disse a jornalistas, à margem das reuniões da primavera do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial. CLICK EM CONTINUE LENDO E SAIBA MAIS…………………………………..

Continue lendo

<

Renan critica MP e vê tentativa de ‘desmoralizar homens públicos de bem’

 senador Renan Calheiros (PMDB-AL),

senador Renan Calheiros (PMDB-AL),

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), subiu à tribuna  para criticar o Ministério Público e dizer que há uma tentativa de “desmoralizar homens públicos de bem”. Renan é citado nas delações de ex-executivos da Odebrecht. Atualmente, ele é réu em um processo no Supremo Tribunal Federal por peculato (desvio de dinheiro público) e responde a outros 16, sendo 13 somente na Lava Jato (quatro em razão do que disseram os delatores). “Tem bastado ao Ministério Público, para acusar – lançando dezenas de parlamentares na vala comum da corrupção –, que o criminoso, acuado, cite os nomes desejados e, como recompensa, abiscoite isenção de penas e regularize o patrimônio roubado”, afirmou o senador em plenário. “Presenciamos, portanto, o envenenamento da democracia pelo açodamento em desmoralizar homens públicos de bem, condenados antes mesmo do processo se instaurar, afrontando o poder eleito. Este é o grande engodo das cruzadas moralistas. A generalização deixa marcas em inocentes e os abusos soterram direitos fundamentais”, acrescentou o senador, em outro trecho do discurso. CLICK EM CONTINUE LENDO E SAIBA MAIS………………………………….

Continue lendo

<

Moradores da Rua Margarida Ferreira do Amaral reclamam de esquecimento

DSCN4928 DSCN4935 DSCN4926 DSCN4929 DSCN4927Sem asfalto, mato tomando conta de parte da rua, buracos, calçamento irregular assim é a situação da Rua Margarida Ferreira do Amaral localizada entre os bairros da Barra e Planalto. Além de destacar os problemas na Rua, eles cobram as promessas de melhorias na região.Os moradores pedem limpeza de bocas de lobo, saneamento básico, iluminação pública e melhorias na rua. “Falta canalização, iluminação e o esgoto escorrem pela rua. A prefeitura está atendendo um bairro por mês, mas temos mais de 90 bairros. Se continuarem neste ritmo em quatro anos, eles vão conseguir atender só 48 bairros. Estamos desassistidos”, disse um dos moradores. CLICK EM CONTINUE LENDO E CONFIRA MAIS FOTOS…………………………….

Continue lendo

<

Marco Aurélio pede para MP apurar descumprimento de decisão sobre abertura de impeachment contra Temer

Marco Aurélio Mello, ministro do STF (Foto: Rosinei Coutinho/STF)

Marco Aurélio Mello, ministro do STF (Foto: Rosinei Coutinho/STF)

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu para o Ministério Público Federal apurar se houve crime de desobediência por parte de líderes partidários da Câmara dos Deputados por não darem prosseguimento ao processo de impeachment do presidente da República, Michel Temer. Há um ano, o Ministro concedeu liminar para determinar o prosseguimento de processo por crime de responsabilidade contra Temer  então vice-presidente, e a instalação de uma comissão especial para analisar o caso, nos moldes do que ocorreu com a ex-presidente Dilma Rousseff. Em maio, o ministro liberou o tema para que o plenário decidisse se mantém ou não a liminar. Até agora, a presidente do Supremo, Carmem Lúcia, responsável pela pauta, ainda não marcou uma data –e a liminar do ministro vem sendo descumprida porque os líderes dos partidos não indicaram nomes para a comissão. CLICK EM CONTINUE LENDO E SAIBA MAIS…………………………………

Continue lendo

<