Pavimentação da Estrada de Belisario entre os pedidos do prefeito ao ministro do Turismo

Em viagem a Brasília na última semana, o prefeito Grego se reuniu com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio na quinta-feira (17). No encontro, Muriaé recebeu o selo “+Turismo” para o projeto que pleiteia recursos de infraestrutura para a estrada de acesso ao distrito de Belisário. A marca oficial concedida pelo Governo Federal garante que o documento tenha prioridade na análise e tramitação junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O projeto prevê que os 14 km da estrada que liga o distrito de Itamuri ao Belisário seja pavimentado. A obra é um desejo antigo dos moradores, já que a via é de terra e possui vários trechos de inclinação acentuada – o que, principalmente nos períodos chuvosos, dificulta a passagem de automóveis e de ônibus de linha e escolares. Vale lembrar que a região serrana é um dos principais redutos de atrativos turísticos de Muriaé, contando em seus arredores com locais como o Pico do Itajurú, as cachoeiras do Naor e de Belisário, além de mirantes e fazendas.

Além do prefeito, a comitiva muriaeense em Brasília teve ainda a presença do vereador Carlos Macuco; do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações Institucionais, Carlos Magno de Oliveira; e da responsável pelo Departamento de Turismo da Fundarte, Elise Ferreira. Grego se mostrou satisfeito com a receptividade do ministro. “Nós dos municípios estamos longe da capital e precisamos de apoio para acessar os recursos do Governo Federal”, disse.

Na oportunidade, o ministro Marcelo Álvaro Antônio foi convidado para participar do I Fórum Regional de Turismo, que será realizado em Muriaé neste ano. A data do evento será anunciada em breve. Com informações do Ministério do Turismo / Fotos: Roberto Castro

Governo de Minas divulga nota, e anuncia inicio do ano letivo 2019 para o dia 7 de fevereiro

Em nota divulgada na tarde desta terça-feira (22), o Governo de Minas Gerais anunciou que manterá o inicio do ano letivo de 2019 no dia 7 de fevereiro em todas asescolas estaduais de Minas Gerais. foi anunciado o repasse de quase 49 milhões de reais para a educação.

Confira a integra da nota do governo de Minas Gerais :

Em respeito a toda comunidade escolar e ao compromisso com a educação dos nossos mais de 2 milhões de alunos, o Governo de Minas Gerais, mesmo diante da grave crise financeira herdada de governos passados, manterá o início do ano letivo de 2019 no dia 7 de fevereiro em todas as escolas estaduais de Minas Gerais, conforme programado pelo Calendário Escolar da Rede Estadual de Ensino.

Para garantir o funcionamento das escolas neste início de ano e honrar com seus compromissos, o Governo anunciou o repasse de R$ 48,7 milhões para a Educação, sendo R$15 milhões para manutenção e custeio das escolas, R$ 1,7 milhão para contratação de serviços de conectividade nas unidades e ainda R$ 32 milhões para as prefeituras destinados ao transporte escolar dos alunos da rede estadual residentes em áreas rurais, referentes ao mês de fevereiro.

Além disso, esta gestão regularizou os repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) do exercício do ano 2019, de acordo com a Secretaria de Estado de Fazenda (SEF). De 1º a 22 de janeiro, foram transferidos R$ 801,07 milhões para os municípios mineiros referentes ao Fundo. Em 2019, até o momento, não há pendências em relação às transferências do Fundeb.

Fonte : Secretaria de Estado da educação

Curso “Navegue com segurança” está com inscrições abertas

A Prefeitura de Muriaé e a Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec Lab) estão com as inscrições abertas para o Curso Navegue com Segurança. O cadastro pode ser feito no polo da Uaitec Lab até dia 7 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (sem intervalo para almoço).

Para realizar a inscrição, o interessado deve apresentar Carteira de Identidade, CPF e comprovante de residência na unidade da Uaitec Lab Muriaé, localizada na Rua Itagiba de Oliveira, 410, Barra (ao lado do Centro Educacional Dom Delfim). As vagas são limitadas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3721-0993.

O curso – Com duração de três meses e de forma gratuita, o Curso Navegue com Segurança ensina as pessoas a utilizar o celular, sua tecnologia, acessar as redes sociais e aplicativos. O curso acontecerá com turmas nas segundas e quartas-feiras (manhã ou tarde).

Fonte : ASCOM Prefeitura de Muriaé

Comissão de Concurso Público da Prefeitura de Muriaé é instalada

Próximo passo é se reunir com representantes da organizadora para estabelecer cronograma e discutir edital. A comissão especial que ficará responsável por orientar e acompanhar o planejamento, a organização e a execução do concurso público da Prefeitura de Muriaé em todas as suas fases foi instalada. A reunião da comissão com representantes do Executivo municipal, de empresa de curso preparatório, imprensa e população em geral foi realizada às 14h de segunda-feira (21), na Sala da Educação, Centro Administrativo.

A comissão é composta por cinco servidores públicos municipais efetivos, e seu próximo passo é se reunir com representantes da organizadora do concurso, o Instituto Mineiro de Administração Municipal (IMAM), de Belo Horizonte, para estabelecer o cronograma do certame e discutir sobre o edital. A expectativa é de que sejam ofertadas centenas de vagas em todos os níveis de escolaridade – fundamental, médio e superior -, a fim de preencher cargos vagos existentes. O último grande concurso realizado pela Prefeitura de Muriaé aconteceu em 2014.

Zema se reúne com superintendentes das 47 Regionais de Ensino. Muriaé é uma das sedes

TAMBÉM ANUNCIOU INVESTIMENTO DE R$ 48,7 MILHÕES. O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, participou, nesta segunda-feira (21/1), no auditório JK, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, do primeiro encontro com os superintendentes das 47 Regionais de Ensino de Minas Gerais. Durante a reunião, foi anunciado pelo Governo do Estado o repasse de R$ 48,7 milhões em investimentos na área educacional para o início das aulas em fevereiro.

Romeu Zema destacou em seu discurso o compromisso de sua gestão em resgatar a qualidade da educação mineira. “Sei como a educação tem sido maltratada no Brasil e em Minas Gerais. Temos que fazer com que ela volte a funcionar da forma mais adequada”, afirmou. O governador ainda ressaltou a importância do diálogo e da transparência com professores, diretores de escolas e superintendentes para melhorar os resultados.


“Minha forma de fazer gestão é conversar com quem executa na ponta. Senão, nunca vamos saber o que está dando certo e o que está dando errado, os recursos que vocês precisam, e o que podemos fazer para melhorar. Tenho visto claramente que postura de quem ganha eleição é ficar encastelado, e a última coisa que eu quero é essa. Vou visitar vocês na ponta, não vai ser só reunião de trabalho aqui (na Cidade Administrativa). É dessa maneira que vamos ver aquilo que pode ser melhorado e, quem estiver melhorando, queremos que seja reconhecido”, disse o governador.

Do total a ser investido, serão repassados cerca de R$ 15 milhões para a manutenção e o custeio das escolas, com compra de materiais básicos para o funcionamento (papel, tintas de impressora, canetas), produtos de limpeza e outros insumos; R$ 1,7 milhão em conectividade, como a contratação de serviços de internet para uso administrativo e pedagógico; e R$ 32 milhões para o transporte escolar, referentes ao mês de fevereiro.

A secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, reforçou o compromisso da nova gestão em garantir a tranquilidade dos profissionais na volta ao trabalho.

“Estamos começando o ano letivo com a regularização dos repasses das escolas. Precisamos garantir que as pessoas nas unidades escolares tenham tranquilidade para trabalhar. Então, agora no início do ano, estamos totalizando repasses de R$ 48,7 milhões”, disse a secretária. O início do ano letivo 2019 está previsto para o dia 7 de fevereiro, quando cerca de 2,1 milhões de alunos retornam às aulas.

Julia Sant’Anna também destacou que a atual gestão está em dia com os repasses aos municípios referentes ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). “Essa é uma mensagem de compromisso”, afirmou a secretária.

Governador de Minas usa PM para barrar prefeitos na Cidade Administrativa

Dezenas de prefeitos que foram à Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, tentar falar com o governador Romeu Zema (Novo) sobre atraso nos repasses reclamam o fato de terem sido recebidos por uma barreira da Polícia Militar no Palácio Tiradentes, local onde o governador despacha.

“Nem Pimentel (ex-governador) nos recebeu assim. Não somos bandidos”, dizem. Os prefeitos vão protocolar um pedido para Zema volte a repassar automaticamente o ICMS e o IPVA devidos aos municípios.

O presidente da AMM Prefeito Julvan Lacerda diz estar perplexo com a forma de recepção aos prefeitos. “Até o governo passado, com todo o desrespeito que teve conosco nunca nos tratou desta forma. Até onde sei as forças policiais são para fazer cumprir a lei e não para proteger quem está descumprindo”, disse.

Julvan Lacerda disse que os prefeitos estão na sede do governo pacificamente para cobrar direitos dos cidadãos. Após a pressão em frente à barreira policial, o governo autorizou a entrada de Julvan Lacerda e mais quatro prefeitos para conversar com Zema. A imprensa não foi autorizada a entrar.

O presidente da AMM informou que a comitiva foi recebida pelo secretário de governo Custódio Mattos, que reafirmou que Zema vai se posicionar sobre a situação dos prefeitos entre hoje e amanhã.”Ele não nos deu uma posição Clara mas se comprometeu que o governo vai anunciar o que fazer”, desse. De acordo com o prefeito, a mobilização continua até que os repasses voltem a ser feitos normalment

Fonte : Estado de Minas