Sobe para seis número de prefeitos cassados em Minas; TRE marca nova eleição

Sobe para seis o número de cidades mineiras que vão participar de nova eleição neste ano. O pleito será para substituir prefeitos eleitos, em 2012, que tiveram os registros de candidaturas cassados por causa de irregularidades previstas na legislação eleitoral, entre elas a compra de votos. O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) cassou nessa semana o registro de candidatura de dois prefeitos eleitos no estado, em Ibiá, no Triângulo, e em Santana de Cataguases, aqui na Zona da Mata.

As datas do novo pleito ainda não foram marcadas porque da decisão do TRE ainda cabe recurso no próprio tribunal. Em outras quatro cidades mineiras, no entanto, já no próximo dia 7 de abril haverá eleições em São João do Paraíso e Biquinhas, ambas no Norte do estado, e, ainda, em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, e Cachoeira Dourada, no Triângulo.

Mais 11 municípios 

Outros 11 municípios aguardam decisão do TRE-MG para saber se haverá nova eleição. São acusados de irregularidades e, por isso, podem perder o mandato os prefeitos eleitos, em 2012, de Espinosa, Divinolândia de Minas, Olaria, Rochedo de Minas, Novo Oriente de Minas, Capela Nova, Romaria, Verdelândia, Mirabela, Água Boa e Orizânia.

 

Com informações do TRE-MG

<

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>