Assassino de Rafael pode pegar 50 anos de prisão por 3 homicídios

assassino

Vanderley José do Nascimento

Assim que tomou conhecimento de que o assassino Vanderley José do Nascimento, que matou friamente Rafael Ruback de Oliveira, respondia pelo crime de homicídio na cidade do Rio de Janeiro, o Promotor de Justiça Dr. Gustavo Garcia Araújo pegou todos os dados do processo do Rio de Janeiro, e fez contato com o Promotor de Justiça responsável pelo caso, Dr. Luciano Lessa, que atua junto ao 4º Tribunal do Júri daquela  cidade, a fim de trocarem as informações.

Conforme o Jornal Leopoldinense Online já havia publicado, Vanderley responde no Rio de Janeiro por crime de homicídio qualificado contra duas vítimas, e o processo estava suspenso, com prisão preventiva decretada contra Vanderlei, uma vez que o réu estava foragido, antes de responder pelo seu crime no Rio de Janeiro.

promotor_gustavo

Promotor de Justiça Dr. Gustavo Garcia Araújo

“As peças do processo de Leopoldina foram remetidas para o Rio de Janeiro, a fim de informar àquela sociedade, através do Tribunal do Júri, que o réu Vanderlei, é um assassino contumaz, e merece reprimenda severa” disse o Dr. Gustavo complementando: “As informações do processo do Rio de Janeiro também serão juntadas ao Processo de Leopoldina, para que os jurados daqui, da mesma forma saibam o perfil criminoso do réu que julgarão.

A expectativa do Promotor Dr. Gustavo, é que se condenado pelos três homicídios (dois no RJ e um em Leopoldina), a pena de Vanderlei chegue próximo a 50 anos, dos quais 30 anos serão efetivamente cumpridos, uma vez que é o limite máximo de pena a se cumprir no Brasil.

Falando ao Jornal Leopoldinense Online, o Promotor de Justiça, Dr. Gustavo Garcia Araujo revelou-se chocado com o crime, uma vez que há cerca de um mês, Rafael Ruback de Oliveira esteve no gabinete da Promotoria de Justiça Criminal de Leopoldina, oportunidade em que o convidou para ser Paraninfo de sua Turma de Direito na Doctum, o que efetivamente ocorreu no dia da formatura em 07 de março: “‘Mesmo sabendo que nada trará Rafael de volta, o Ministério Público lutará com todas as suas forças para a condenação do acusado”, disse o do Dr. Gustavo Garcia Araújo.

 

 

http://leopoldinense.com.br/versaoprint.asp?id=13287

<

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>