Polícia Ambiental combate a pesca predatória e caça

“Durante operação férias-feriado, militares receberam informação dando conta da ocorrência de prática ilegal de pesca predatória e ainda possivelmente caça de capivaras, com utilização de redes, tarrafas e armas de fogo, no Rio Glória, região de Patrimônio dos Carneiros.

Ao verificar as margens do rio, sendo que em certa altura, visualizamos duas pessoas em uma canoa do outro lado da margem os quais viram a polícia e fugiram rio abaixo.

Após vistoria no local encontramos quatro redes de pesca, ainda armadas, as quais juntas totalizaram 85 metros lineares (127 metros quadrados) e ainda uma arma de fogo, de fabricação caseira, calibre aparentemente .28. conhecida por trabuco, municiado com um cartucho e armado em local propício de visitação de capivaras, bem como foi achada uma fisga de metal com cabo de madeira” relata a Polícia Ambiental presente com a equipe, Sargento Luciano, Sargento Jardel, Sargento Madriaga e Cabo Gustavo.

  1. Sincero Autor do post

    Pode montar posto fixo em São João do Glória e divisas com Eugenópolis que tá cheio de vagabundos cometendo crimes ambientais constantemente, principalmente nos fins e nos começos de dias, o transito é intenso de marginais.

  2. Muriaeense observador Autor do post

    O pessoal tem que entender. nada de pesca predatória. Façam direito, procure a PM do meio ambiente e se informe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *