Bandidos invadem casa em Miracema e agridem moradores

Na madrugada de sexta-feira (30/03), policiais militares prenderam Luiz Fernando Pinheiro Ancelmo, 21 anos e dois menores, depois que eles entraram na residência  na Avenida Nilo Peçanha, 758, em Miracema, de Dona Anita Sales, 93 anos, que mora com o filho Waldir Barcellos, o Vadinho. Os acusados levaram notebook, quatro pacotes de cigarros, 20 reais, um anel de ouro e cartões bancários, entre outros.

Os três indivíduos entraram na casa e ficaram esperando dentro do banheiro Vadinho fechar o bar, que fica ao lado. Por volta das 23h30min, ele foi para casa e aí, foi surpreendido pelos  os acusados.“ Fiquei amarrado e eles diziam se eu não entregasse tudo, iria morrer. Naquele momento, pensei no meu irmão, que foi assassinado, dentro de casa”, disse.

Dona Anita Sales, 93 anos, (tem 26 netos, 29 bisneto e seis tataraneto) tentou ajudar o filho. “Comecei a gritar, Vadinho e ele não respondia. Estava amarrado e com a boca com uma fita. Aí, eles começaram a me agredir. Como comecei a gritar, eles fugiram”, afirmou.

Os vizinhos acionaram o 190 e os policiais militares, estiveram no local e prenderam os três e recuperando parte de alguns objetos. Eles foram levados para 137ª DP de Miracema e depois transferidos para 135ª DP de Itaocara e apresentado ao delegado José Carlos Bechara, que autuou Luiz Fernando no artigo 157 (Assalto a Mão Armada).

O acusado foi transferido para Casa de Custódia de Itaperuna e os menores, entregues aos seus responsáveis.  Os PMs que participaram da operação Ranilson, Wilson Grei, Constâncio, Torres, Gama, Romão, Pessoa e Bereta.

Por Nelson Barros (Jornal Dois Estados)

Fotos: fotógrafo profissional Jean Barcellos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *