Moraes aceita pedido do Ministério Público e autoriza depoimento de Aécio Neves

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou o pedido do Ministério Público de Minas Gerais e suspendeu o adiamento do depoimento do deputado federal Aécio Neves (PSDB) à Polícia Federal sobre caso de suposto superfaturamento nas obras da Cidade Administrativa. A data do depoimento ainda não foi marcada. Na semana passada, Moraes tinha aceitado o pedido da defesa do tucano, que argumentava não ter acesso integral à delações premiadas que citaram Aécio. Segundo delatores, na época em que era governador de Minas, as obras da sede do governo mineiro tiveram preços superfaturados. Aécio e outras 11 pessoas foram indiciadas no caso.

Por meio de nota, o advogado de Aécio Neves, Alberto Zacharias Toron, informou que o parlamentar permanece à disposição dos responsáveis pelo inquérito para ser ouvido.

“O pedido para ser ouvido partiu do próprio deputado Aécio Neves, interessado em prestar todos os esclarecimentos sobre o tema. A defesa se limitou a requerer que fosse assegurado ao parlamentar o mesmo direito garantido a todo cidadão de ter conhecimento das acusações que lhe são feitas antes de prestar esses esclarecimentos”, diz Toron.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *