Atleta Clarisse Aquiles sai vencedora no Punisher Muay Thai

atleta_620x299atleta2_620x413A atleta muriaeense, Clarisse Aquiles, da equipe Thai Fighters, trouxe mais um troféu para Muriaé. Clarisse venceu Jéssica Santana, da Gueto Thai por decisão unânime dos jurados no PMT – Punisher Muay Thai. A competição aconteceu no último domingo (21), no Espaço Ônix, em Interlagos (SP). Segundo  a organização do evento, a luta de Clarisse foi uma das mais técnicas e uma das principais da noite, “com uma variação impressionante de golpes”. Ela também disputará o cinturão do Punisher Muay Thai em sua próxima edição, que acontecerá em novembro. “A atleta representou muito bem Muriaé e Minas Gerais. Parabenizo os organizadores do evento que chegou para ficar, já chegou fazendo história. É uma competição de grande porte, com uma organização de primeira qualidade” disse o treinador Gilbert Almeida, lembrando que Clarisse Aquiles tem apenas 17 anos de idade e no seu currículo já são 15 lutas, todas com vitórias.

<

Sesc abre vagas para curso de Informática gratuito em Muriaé

Inscrições a partir de 29 de agosto

Inscrições a partir de 29 de agosto

Uma ótima oportunidade para quem deseja se integrar ao mundo digital: o Sesc Muriaé, estará com inscrições abertas, a partir de 29 de agosto, para o Curso de Informática. As vagas são gratuitas para pessoas que atendam ao perfil do Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG) do Sesc, que beneficia, com bolsas integrais, candidatos com renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos, preferencialmente trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes. As inscrições poderão ser realizadas até 20 de setembro, na unidade. Os alunos irão receber material didático gratuitamente e as aulas terão início em outubro. As vagas são limitadas. Os candidatos que não forem isentos poderão se inscrever em lista de espera como pagantes e serão informados, ao fim do período de inscrição, da disponibilidade das mesmas. CLICK EM CONTINUE LENDO E SAIBA MAIS…………..

Continue lendo

<

Primeira parcela do 13º começa a ser paga nesta quinta a beneficiários

Antecipação de 50% do décimo terceiro salário aos beneficiários do INSS é feita desde 2006

Antecipação de 50% do décimo terceiro salário aos beneficiários do INSS é feita desde 2006

Os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem um salário mínimo e têm cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito, começam a receber hoje (25) a primeira parcela do décimo terceiro salário. Tem direito ao décimo terceiro quem recebeu, durante o ano, benefício previdenciário como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. Os pagamentos serão feitos até o dia 8 de setembro. A segunda parcela será paga em novembro. Os beneficiários do INSS chegaram a ter a antecipação do benefício ameaçada pelo ajuste fiscal, mas após negociações com centrais sindicais e associações de aposentados e pensionistas, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, anunciou, no fim de junho, que o adiantamento estaria garantido. A antecipação de 50% do décimo terceiro salário aos beneficiários do INSS é feita desde 2006.

<

Juros no cheque especial sobem para 318,4% ao ano

iMAGEM ILUSTRATIVA

iMAGEM ILUSTRATIVA

A taxa de juros do cheque especial continuou a subir em julho. De acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados nesta quinta-feira (25), a taxa do cheque especial subiu 2,7 pontos percentuais, de junho para julho, quando chegou a 318,4% ao ano, chegando a novo recorde na série histórica do BC, iniciada em julho de 1994. Neste ano, a taxa do cheque especial já subiu 31,4 pontos percentuais em relação a dezembro de 2015, quando estava em 287% ao ano. Outra taxa de juros alta é a do rotativo do cartão de crédito. Em julho, na comparação com o mês anterior, houve uma pequena redução na taxa de 0,2 ponto percentual. Mas a taxa de 470,7% ao ano é a mais alta entre as pesquisadas pelo BC. Neste ano, essa taxa já subiu 39,3 pontos percentuais. O rotativo é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão. A taxa média das compras parceladas com juros, do parcelamento da fatura do cartão de crédito e dos saques parcelados subiu 2,3 pontos percentuais e ficou em 151,8% ao ano. CLICK EM CONTINUE LENDO E SAIBA MAIS…………………..

Continue lendo

<

Cerca de 260 mil servidores públicos ainda não sacaram abono salarial

O trabalhador pode sacar o Pasep em uma agência do Banco do Brasil

O trabalhador pode sacar o Pasep em uma agência do Banco do Brasil

Cerca de 260 mil servidores públicos ainda não fizeram o saque do abono salarial do ano-base 2014. O valor é de até um salário-mínimo (R$ 880) e está disponível em qualquer agência do Banco do Brasil, no prazo prorrogado até dia 31 de agosto. O recurso não sacado é devolvido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Têm direito ao abono salarial os servidores públicos que tenham exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias em 2014. Também é necessário estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter recebido remuneração mensal média de até dois salários-mínimos. Outro pré-requisito é que os beneficiários tenham seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). CLICK EM CONTINUE LENDO E SAIBA MAIS……………….

Continue lendo

<

Procuradoria abre inquérito para investigar Marco Feliciano

Patrícia Lélis registrou boletim de ocorrência contra o deputado Marco Feliciano (PSC-SP

Patrícia Lélis registrou boletim de ocorrência contra o deputado Marco Feliciano (PSC-SP

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu a abertura de inquérito contra o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), para apurar suspeita de abuso sexual. O pedido atende requerimento feito pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher da Polícia Civil do Distrito Federal e se refere à denúncia da jornalista Patrícia Lélis, de 22 anos, que afirmou ter sofrido tentativa de estupro, assédio sexual e agressão pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP). Além de acusar Feliciano, a jovem afirmou à polícia que foi mantida sob coação e ameaça pelo chefe de gabinete de Feliciano, Talma Bauer, na semana em que esteve em São Paulo – entre 30 de julho e 5 de agosto -, porque pretendia denunciar o deputado do PSC. Feliciano já é alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) envolvendo a contratação de cinco pastores pelo seu gabinete que não estariam cumprindo as suas funções. O processo corre no STF por conta do deputado contar com foro privilegiado.

<