Gol e moto se chocam no Bairro São Cristóvão


A Polícia Militar de Muriaé registrou na noite de domingo um grave acidente entre uma moto XRE 300 e um automóvel, fato ocorrido na pracinha do bairro São Cristóvão.

O motociclista de 49 anos, que não seria habilitado, sofreu ferimentos graves (inclusive fraturas) e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

O acidente ocorreu quando o motorista do carro aproximava de um cruzamento na região da Pracinha do bairro, momento em que foi atingido violentamente pela moto. O motorista não se feriu.

Governo descarta conceder subsídios para reduzir preço do gás

IMAGEM ILUSTRATIVA

Após receber sugestões da área técnica do governo de conceder um subsídio para diminuir o preço do gás de cozinha para famílias de baixa renda, o presidente Michel Temer descartou a medida neste momento. Temer pretende anunciar, até março, medidas para reduzir o peso do produto no orçamento familiar. Segundo o presidente, “a solução não é fácil” e o caminho não será a concessão de subsídios. A área técnica chegou a avaliar duas saídas: uma seria a concessão de um subsídio para diminuir o preço do botijão de 13 kg. A outra, conceder uma verba específica no cartão do Bolsa Família para aquisição do produto. Essas alternativas, porém, esbarram em problemas técnicos e jurídicos e não tiveram o sinal verde do Palácio do Planalto. Segundo assessores presidenciais, Temer pediu à sua equipe uma medida para beneficiar apenas as famílias de baixa renda. Por isso, está descartada a adoção de um mecanismo que promova uma redução linear do preço do produto. Mesmo porque, destacam assessores, o governo não quer intervir no livre mercado do produto. No caso do subsídio, a proposta era criar um fundo a partir de recursos gerados pela arrecadação de impostos sobre gasolina e diesel para reduzir o preço do botijão de gás de cozinha. Esse produto é o mais adquirido por famílias de baixa renda. Os outros tipos não teriam esse benefício, como cilindros de gás.

FONTE – AGENCIA DE NOTICIAS

Horário de verão termina neste domingo; moradores de 10 estados e DF devem atrasar o relógio em 1 hora

IMAGEM ILUTRSTRATIVA

O horário de verão, em vigor desde outubro do ano passado, acaba na primeira hora deste domingo (18). À meia-noite entre sábado e domingo, os moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem atrasar o relógio em uma hora. O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal). O horário de verão foi instituído com o objetivo de economizar energia no país em função do maior aproveitamento do período de luz solar. A medida foi usada pela primeira vez em 1931 e depois em outros anos, sem regularidade. Em 2008, ganhou caráter permanente e passou a vigorar do terceiro domingo de outubro até o terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte. O governo federal chegou a avaliar o fim do horário de verão neste ano, depois que um estudo do Ministério de Minas e Energia indicou que o programa vem perdendo efetividade. A análise mostrou que a intensidade de consumo de energia elétrica estava mais ligada à temperatura do que ao horário, com picos nas horas mais quentes do dia.

FONTE: AGENCIA DE NOTICICIAS

Ginásio Poliesportivo do IF Sudeste Muriaé é inaugurado

Reitor do IF Sudeste MG, professor Charles Okama de Souza

Foi inaugurado neste final de semana o Ginásio Poliesportivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais – Campus Muriaé. A solenidade teve início às 10h, com a abertura realizada por uma banda composta por estudantes do Instituto. Participaram da solenidade, o Reitor do IF Sudeste MG, professor Charles Okama de Souza, professor Paulo Rogério Araújo Guimarães (ex-reitor do IF Sudeste MG), professor Fausto de Marttins Netto (Diretor Geral do Campus Muriaé), o Prefeito de Muriaé, Grego e a Secretária Municipal de Educação, Maria da Conceição Rodrigues de Souza (Nininha), além de outras autoridades locais. Em sua fala, o Reitor do IF Sudeste MG, professor Charles Okama de Souza, frisou os resultados alcançados pela Instituição na região. “O Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais, conta com aproximadamente 1.300 servidores, para formar cerca de 18.000 alunos, isso para nós é motivo de muito orgulho e de grande responsabilidade. Em momentos como esses, podemos compartilhar junto com a comunidade, essa grande conquista, a inauguração do Ginásio Poliesportivo do Campus Muriaé”.

Convênio entre Hospital São Paulo e Unifaminas vai permitir funcionamento de 11 Ambulatórios de especialidades no HSP

Messias Vardiero – Provedor do HSP

Dr. Cláudio Pompei – Diretor Clínico do HSP

Luisa Varella – Vice Reitora do Unifaminas

A Solenidade de Assinatura do Convênio e Entrega do Ambulatório de Especialidades aconteceu no Hospital São Paulo e contou com a presença do corpo clínico, diretoria e funcionários representando todos os setores do HSP e diretoria do Unifaminas Muriaé, bem como da reitoria e representantes do curso de medicina. O novo setor do HSP contará com 11 ambulatórios para atendimento de várias especialidades e toda a estrutura foi feita pelo Unifaminas, que terá neste espaço que amplia também o atendimento à população, seus acadêmicos atuando sob a coordenação dos médicos do hospital. Em sua fala, o Provedor do HSP, Messias Vardiero, destacou que era uma satisfação ver esta estrutura moderna e pronta para começar a funcionar oferecendo conforto aos médicos, pacientes e residentes; fruto do Convênio de Cooperação entre a Casa de Caridade Hospital São Paulo e a Lael Varella de Educação e Cultura – UNIFAMINAS, que ali estava representada pelo Reitor, Luciano Varella, pela vice-Reitora, Luísa Varella e pelo diretor, Eduardo Goulart. Também presente o deputado federal, Misael Varella e o diretor da Fundação Cristiano Varella, Sérgio Dias Henriques. “Este convênio pode permitir no futuro a criação do Hospital Escola. Agradeço o Unifaminas pela reforma e bom gosto e agradeço também a todos os envolvidos, bem como a funcionária Terezinha Fintelman, que com sua prática e dedicação ao hospital, sempre atende a tempo e a hora, todos os assuntos a ela dirigidos, planejando todo o desenvolvimento dos setores daqui para frente” disse. O Diretor Clínico do HSP, Dr. Cláudio Pompei disse que o momento é especial para celebrar… celebrar conquistas que não só engrandecem os conquistadores, como fortalecem e garantem benefícios para aqueles que usufruirão dos serviços oferecidos que ora inaugurava. “É importante salientar que os benefícios dos empreendimentos não serão apenas os imediatos, mas, sobretudo, vislumbram um futuro promissor. Agradeço nominalmente a todos os envolvidos neste projeto e à minha esposa, uma das grandes incentivadoras. A referida obra (Ambulatório de Especialidades Médicas Padre Maximino Benassati, valem como um atestado veemente de nosso interesse por acelerar o ritmo do desenvolvimento geral e grandioso de nossa cidade, representa um passo largo no caminho do desenvolvimento regional”, disse o médico. A vice-reitora do Unifaminas, Luísa Varella agradeceu a todos pela presença e no início de sua fala destacou: “O Hospital São Paulo com certeza é o maior e que tem a melhor estrutura de todos os hospitais regionais, ideal para este projeto que trará grandes benefícios para ambas as partes e principalmente para a população”. O projeto de execução da obra foi do arquiteto, Nilo Campos, acompanhado pela engenheira do HSP, Ibia Nara.