Prefeito José Braz é eleito por unânimidade Presidente da AMERP

O prefeito de Muriaé, José Braz, foi eleito , presidente da Amerp (Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Pomba). A eleição e posse da nova diretoria aconteceram durante assembleia, na sede da Cisleste (Consórcio Intermunicipal de Saúde da Mata Leste), e contou com a presença dos prefeitos da região, junto com os membros integrantes de ambas as instituições.
José Braz agradeceu pela confiança de todos. “Muito obrigado a vocês todos e a todos os prefeitos que confiaram em mim. Queremos trabalhar para nossa região, unir e ajudar os municípios”. Esta é a terceira vez que o prefeito de Muriaé assume a presidência da associação.
Já a vice-presidência ficou com o prefeito de Barão do Monte Alto, Fábio Soares Guimarães, que também se colocou à disposição. “O que precisarem de mim, estarei pronto a contribuir e ajudar”, disse.

A Amerp é uma entidade sem fins lucrativos com sede em Muriaé e formada por 17 municípios da microrregião do Médio Rio Pomba. Há 35 anos presta serviços de engenharia, consultoria, assistência técnica e empréstimos de máquinas pesadas, como tratores de esteiras, motoniveladoras e retroescavadeira. São também desenvolvidos projetos de topografia para as prefeituras participantes.

Prefeitos pedem retorno de Muriaé ao Cisleste – Além da eleição de José Braz para a presidência da Amerp, os demais prefeitos participantes da reunião também manifestaram o desejo de que Muriaé volte a integrar o Cisleste. O secretário-executivo do consórcio intermunicipal, Renê Magalhães, aprova a possibilidade.
“Com o retorno de Muriaé para o Cisleste, nosso consórcio se torna maior e mais forte. Com todos os municípios juntos, poderemos fazer muito mais e prestar serviços cada vez melhores”, pontua.

Fonte : ASCOM Prefeitura de Muriaé

  1. Pedro Américo Autor do post

    A todos que querem e ficam na Internet pedindo look daw, vou só fazer uma pergunta,mas sejam verdadeiros contigo mesmo,si amanhã seu telefone chamar e disserem que você precisa ir ao banco para retirar uma quantia alta em dinheiro, qye foi destinada a você para pagamento de uma divida perdida,ou uma premiação ou herança, você mesmo sabendo que o virus está na rua ,e que os bancos estam lotados e com filas enormes ,voce iria ou perderia o dinheiro para não correr o risco de contagiar com o covid?
    É lógico que todos iriam,então, paren de pedir look daw e de julgarem os outros,por que é muito fácil julgar e falar mas na prática cada um tem sim que correr atrás dis seus enteresses,principalmente pra quem só recebe si trabalhar, ficar em casa só funciona pra políticos, funcionários públicos e aposentados,quem não si encaixa nesses ou vai a rua ganhar seu pão de tido dua ou morre de fome…fica a dica

  2. tereza Autor do post

    A Prefeitura de Muriaé pediu, na manhã desta segunda-feira (18), a suspensão temporária da cobrança do estacionamento rotativo nas ruas de Muriaé. O ofício foi enviado pelo Departamento Municipal de Transportes e Trânsito Demuttran para a empresa Sinart, responsável pela gestão da Área Azul na cidade. A solicitação é que a suspensão da cobrança seja por tempo indeterminado, enquanto Muriaé estiver inserido na onda vermelha do programas Minas Consciente.

  3. Elza Maria Autor do post

    comércios que a partir de hoje já atendem as novas normas de funcionamento, ou seja, muitos vão trabalhar com o sistema de entrega “Delivery” e outros com a meia porta baixada, sem a entrada do cliente, que serão atendidos na porta, e é por onde os produtos serem entregues para levar. Valeu prefeito

  4. gilmar Autor do post

    ESTADO DE MINAS GERAIS
    MUNICÍPIO DE MURIAÉ
    RESOLUÇÃO N.º 28 DO COMITÊ EXTRAORDINÁRIO COVID-19, DE 15 DE JANEIRO DE 2021

    Dispõe sobre a adoção de medidas para enfrentamento da Emergência de Saúde Pública de Importância
    Internacional decorrente do Coronavírus (COVID-19) no âmbito do município de Muriaé (MG).

    O COMITÊ EXTRAORDINÁRIO COVID-19, no uso das suas atribuições que lhe confere o artigo 8º do Decreto Municipal n.º 9.569 de 16 de março de 2020, e: CONSIDERANDO o Decreto n.º 9.569, de 16 de março de 2020, declara Situação de Emergência em Saúde Pública no Município de Muriaé, institui o Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do COVID-19 – Comitê Extraordinário COVID-19, dispõe sobre medidas de enfrentamento da pandemia provocada pelo Coronavírus (COVID-19) e dá outras providências; CONSIDERANDO o Decreto Estadual n.º 47.891, de 20 de Março de 2020, que reconhece o ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA decorrente da pandemia causada pelo agente Coronavírus (COVID-19);
    CONSIDERANDO a prorrogação da vigência do estado de calamidade em todo o território do município de Muriaé, através do Decreto nº 10.139, de 4 de janeiro de 2021, em razão da pandemia causada pelo Coronavírus – Covid-19; e CONSIDERANDO a deliberação do Comitê Extraordinário Estadual do COVID-19 n.º
    118, de 13 de janeiro de 2021.

    RESOLVE:

    Art. 1º. Fica o Município de Muriaé classificado na onda vermelha do Plano Minas Consciente, do Estado de Minas Gerais, disponível em https://www.mg.gov.br/minasconsciente/empresarios, consoante o disposto na Deliberação do Comitê Extraordinário COVID-19 n.º 118, de 13 de janeiro de 2021, que alterou o Anexo da Deliberação do Comitê Extraordinário COVID-19 nº 45, de 13 de maio de 2020, reclassificando o Agrupamento Muriaé para a Onda Vermelha.

    Art. 2º. Em razão do disposto no Art. 1º e considerando a gravidade do momento epidemiológico vivenciado no Município para o enfrentamento da COVID-19:

    I- Fica suspenso o atendimento presencial ao público, sem prejuízo do funcionamento via serviço de entrega (delivery) e retirada no balcão (take away), nos seguintes setores:

    a) comércio varejista;
    b) salões de beleza e barbearias;
    c) clínicas de estética;
    d) clubes de serviço, sociais e de lazer;
    e) academias de ginástica e estabelecimentos de condicionamento físico;
    f) atividades imobiliárias;g) auto-escolas;
    h) casas noturnas, casas de shows e espetáculos de qualquer natureza, boates, danceterias, salões de dança, casas de festas e eventos; e
    i) cinemas e teatro, parques de diversão e parques temáticos;

    II – proibição de eventos e atividades com a presença de público, ainda que previamente autorizados, que envolvem aglomeração de pessoas, tais como:
    a) eventos desportivos;
    b) atividades extracurriculares;
    c) locação de quadras poliesportivas; e
    d) shows, feiras, circos, eventos científicos.

    III – o consumo local em bares, restaurantes, padarias, sem prejuízo dos serviços de entrega (delivery), retirada no balcão (take away) e drive thru, exceto restaurantes de beira de estrada.

    IV – utilização das praças públicas, da Lagoa da Gávea, dos equipamentos públicos e privados em geral, de quadras e centros poliesportivos, assim como campos que são utilizados para prática desportiva.

    Art. 3º. Conforme Protocolo Único do Programa Minas Consciente fica autorizado o funcionamento exclusivamente das atividades consideradas essenciais, listadas a seguir:

    a) saúde: hospitais, clínicas, incluindo veterinárias, farmácias, lavanderias, serviços de limpeza e cantinas hospitalares;

    b) alimentação: supermercados e congêneres, incluindo produtos para animais, padarias, açougues, peixarias, hortifrutis, feiras livres e distribuidoras de gás e água mineral;
    c) abastecimento: transportadoras, postos de combustíveis e derivados, armazéns, oficinas de veículos automotores, bancas de jornais e estabelecimentos comerciais que compõem a rede de abastecimento dos serviços essenciais;
    d) segurança: serviços de segurança privada;
    e) comunicação social: meios de comunicação social, inclusive eletrônica, executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens;
    f) telecomunicação, serviços de informática e internet;
    g) lotéricas e bancos;
    h) atividades jurídicas e contabilidade;
    i) funerárias;
    j) hotéis, permitido somente o fornecimento das refeições dos hóspedes por meio do serviço de quarto;
    k) indústrias;
    l) construção civil; e
    m) Ensino Superior (somente aulas práticas de cursos de saúde com atendimento ao público).

    Parágrafo único. Compete aos estabelecimentos privados observarem as restrições, bem como adotarem as medidas estabelecidas no Plano Minas Consciente, assim como as diretrizes de higienização e prevenção previstas no Protocolo Único disponível através do site https://www.mg.gov.br/minasconsciente/empresarios.

    Art. 4º. Fica proibida a locação de imóveis e quaisquer tipos de espaços privados, incluindo granjas, para a realização de eventos particulares com público superior a 30 (trinta) pessoas.

    Art. 5º. Fica suspensa a realização de cirurgias eletivas em todos os Hospitais e Clínicas em funcionamento no Município, observadas as determinações dos Conselhos Federal e Regional de Medicina e do Ministério da Saúde.

    Art. 6º. O descumprimento das determinações contidas nesta Resolução poderá configurar crime previsto no Art. 268 do Código Penal Brasileiro, sem prejuízo das demais sanções civis, administrativa e penais cabíveis.
    Art. 7º. Ficam mantidas todas as demais disposições contidas nas Resoluções anteriores.
    Art. 8º. Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

    Muriaé, 15 de janeiro de 2021.
    MARCOS GUARINO DE OLIVEIRA
    Presidente do Comitê Extraordinário COVID-19
    Secretário de Saúde do Município de Muriaé

  5. Moradora da cidade Autor do post

    A Prefeitura de Muriaé pediu, na manhã desta segunda-feira (18), a suspensão temporária da cobrança do estacionamento rotativo nas ruas de Muriaé. O ofício foi enviado pelo Departamento Municipal de Transportes e Trânsito Demuttran para a empresa Sinart, responsável pela gestão da Área Azul na cidade. A solicitação é que a suspensão da cobrança seja por tempo indeterminado, enquanto Muriaé estiver inserido na onda vermelha do programas Minas Consciente.

  6. jose olavo Autor do post

    As seringas para a vacinação contra Covid-19 acabaram de chegar a Muriaé nesta manhã de segunda-feira (18). São 16.579 unidades para este primeiro momento. As doses da vacina são aguardadas para as próximas horas, mas ainda não temos informação de quantas doses a Secretaria de Saúde receberá

  7. André Silva Autor do post

    Está tudo preparado para o início da vacinação contra a Covid-19 em Muriaé. Na tarde desta segunda-feira (18), 16.579 seringas que serão usadas na imunização chegaram ao município.

    Elas estavam estocadas desde sexta-feira na Gerencia Regional de Saúde de Ubá. A previsão é de que ainda hoje as primeiras doses da vacina Coronavac cheguem à Muriaé.

    Um veículo da GRS de Ubá foi escoltado por uma empresa terceirizada até Belo Horizonte para buscar as doses que chegaram de São Paulo em um voo fretado pelo governo do estado.

  8. ivania Autor do post

    A diretoria do Nacional de Muriaé informou na tarde desta segunda-feira (18) que irá colocar o estádio Soares de Azevedo à disposição da prefeitura para se tornar ponto de vacinação contra a Covid-19.

    A informação foi repassada a Secretaria Municipal de Saúde que não descartou a hipótese de parte das doses serem aplicadas no local.

    Nesta segunda-feira, 16.579 seringas que serão usadas nas aplicações da vacina chegaram a Muriaé. A expectativa é de que as primeiras doses cheguem ainda hoje ou na terça-feira. Ainda não há uma data oficial para o início das aplicações em Muriaé nem a quantidade de imunizante que o município receberá nesta primeira remessa.

    Nesta segunda-feira todo comércio considerado não essencial no município trabalhou com as portas fechadas, depois que a cidade regrediu para a onda vermelha do programa “Minas Consciente”.

    De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, Muriaé tem 6.273 casos confirmados desde o início da pandemia, 282 pessoas permanecem ativas e 116 mortes confirmadas tendo a Covid-19 como causa.

  9. yago Autor do post

    O governador de Minas Romeu Zema (NOVO) publicou em suas redes sociais quais serão os grupos prioritários que receberão as primeiras doses da vacina Coronavac, fabricado pelo instituto Butantam em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

  10. Jeambre de Souza Autor do post

    Muriaé deve receber as primeiras 2.672 doses da vacina contra a covid-19, o suficiente para imunizar 1.336 pessoas nesta primeira etapa da imunização.

  11. Moradora da cidade Autor do post

    Assim, a Prefeitura de Muriaé, através da Secretaria Municipal de Saúde, se prepara para iniciar a campanha Muriaé Vacina possivelmente ainda hoje. O horário e local serão informados assim que houver a confirmação de chegada do imunizante.

    Mais doses estão sendo aguardadas para os próximos dias. Seguindo o protocolo da Secretaria de Estado de Saúde, nesta primeira fase serão vacinados os seguintes públicos:

    – Profissionais de saúde que estejam na linha de frente da covid-19;
    – Pessoas com 60 anos ou mais que estejam em instituições de longa permanência para idosos;
    – Maiores de 18 anos que tenham deficiência e estejam institucionalizadas.

  12. ursula Autor do post

    O governador de Minas Romeu Zema (NOVO) publicou em suas redes sociais quais serão os grupos prioritários que receberão as primeiras doses da vacina Coronavac, fabricado pelo instituto Butantam em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

    De acordo com o governador as primeiras doses serão destinadas para quatro classes de pessoas;

    . Profissionais da Saúde que atuam na linha de frente Covid-19.

    . Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas (Instituições de longa permanência para idosos).

    . Pessoas institucionalizadas, maiores de 18 anos, portadoras de deficiência.

    . População Indígena, vivendo em terras Indígenas.

    Ainda segundo o governador, Minas Gerais receberá 577 mil doses que serão distribuídas para as 28 regionais de saúde espalhadas pelo estado

  13. rafael Autor do post

    a Prefeitura de Muriaé, através da Secretaria Municipal de Saúde, se prepara para iniciar a campanha Muriaé Vacina possivelmente ainda hoje. O horário e local serão informados assim que houver a confirmação de chegada do imunizante.

    Mais doses estão sendo aguardadas para os próximos dias. Seguindo o protocolo da Secretaria de Estado de Saúde, nesta primeira fase serão vacinados os seguintes públicos:

    – Profissionais de saúde que estejam na linha de frente da covid-19;
    – Pessoas com 60 anos ou mais que estejam em instituições de longa permanência para idosos;
    – Maiores de 18 anos que tenham deficiência e estejam institucionalizadas.

  14. tania Autor do post

    2.672 doses da vacina contra a covid-19, o suficiente para imunizar 1.336 pessoas nesta primeira etapa da imunização. Vale Ze

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *